VICIADOS EM CORRIDA & CICLISMO: Ultramaratonistas encaram 100 Km no feriado de Independência no PR. Evento une as cidades litorâneas de Morretes e Guaraqueçaba, revezando asfalto e estrada de chão, além de encarar o clima úmido da Serra do Mar.

sábado, 7 de setembro de 2013

Ultramaratonistas encaram 100 Km no feriado de Independência no PR. Evento une as cidades litorâneas de Morretes e Guaraqueçaba, revezando asfalto e estrada de chão, além de encarar o clima úmido da Serra do Mar.

Para alguns corredores, o feriado de Independência vai ser totalmente dedicado para encarar 100 quilômetros de corrida entre Morretes e Guaraqueçaba, no litoral do Paraná, que recebe a primeira ultramaratona do estado. O roteiro da prova, além de colocar o corredor em contato com belezas naturais, tem a intenção de marcar o Paraná no calendário anual dos eventos de longas distâncias.

A prova terá início em Morretes com previsão de largada para às 5h30 da manhã, e os corredores somente deverão chegar durante a noite na cidade de Guaraqueçaba, com horário final para 23 horas.  Para os maratonistas que ainda não estão preparados para percorrer a distância total entre as duas cidades, também haverá o percurso de 50 quilômetros, um pouco maior que a média de 42 quilômetros de uma maratona tradicional.

Segundo a organização, 49 atletas estão confirmados e vêm do Distrito Federal, e dos estados de Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo e Paraná. Do total, 23 vão correr a versão reduzida de 50 Km.


    Ultramaratonistas vão percorrer estradas de chão e asfalto até Guaraqueçaba (Foto: Montagem/Divulgação)

Dos 100 quilômetros do percurso original, somente 27,5 serão realizados em asfalto. O restante será em caminhos de terra e com uma paisagem única. O trecho vai passar pela região de mata virgem da Serra do Mar, uma parte preservada da Mata Atlântica.

No trajeto, os corredores terão como desafio os trechos de serra em razão da altura em relação ao mar. Depois encaram um terreno plano na estrada para Guaraqueçaba, onde a maior dificuldade é passar pelos buracos do caminho. Outra preocupação é a alta umidade da região aliada ao calor que faz no meio da mata. Para alívio dos inscritos, a previsão não é de um dia quente.

O evento ainda é tratado como de caráter inaugural, uma espécie de teste. Uma das intenções para o próximo ano é estender ainda mais a ultramaratona  e ampliar o percurso para 200 quilômetros com a saída e chegada em Morretes.
      Altimetria mostra passeio pelo litoral e trecho mais complicado antes da metade (Foto: Divulgação)


Por  
Curitiba 
GOSTOU DESTA POSTAGEM, QUER RECEBER AS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO? ENTÃO CADASTRE SEU E-MAIL LOGO ABAIXO:

Cadastre aqui seu email:

Cortesia de FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário